Guia passo-a-passo: Quarto Selfie

Com essa decoração, vai ser muito mais divertido registrar os momentos do seu filho.

Seu filho já é uma estrela pra você. Então, que tal uma decoração pronta pra foto? Com um quarto produzido assim, não vão faltar motivos pra registrar as crianças. Siga o passo a passo e aprenda a fazer um quarto com o tema “selfie”.

selfie_01.jpg

Para o passo a passo você vai precisar de Stencil Tesoura Estilete Régua Pincéis Rolos de pintura Bandejas de pintura Fita adesiva Barbante Trena Lápis Papel cartão

selfie_02.jpg

Passo 1 Pinte toda a parede com Coral Super Lavável na cor Verde Iônico.

selfie_3.jpg

Passo 2 Usando fita adesiva, demarque um quadrado na parede. Depois, pinte com a cor Colinas de Inverno.

selfie_04.jpg

Passo 2 Usando fita adesiva, demarque um quadrado na parede. Depois, pinte com a cor Colinas de Inverno. Passo 3

Dentro do primeiro quadrado, desenhe um novo. Em seguida, use lápis e um barbante para criar um círculo. Agora é só pintar na cor Vista da ci

selfie_5.jpg

Passo 4 Repita o processo e solte a criatividade usando moldes de coração, estrela ou os desenhos favoritos do seu filho. Clique aqui e imprima modelos de stencil.

Passo a passo: aprenda a fazer efeito ombré

Pra sair do básico e transformar suas paredes, aprenda a fazer um efeito ombré em casa.  É só dar play e conferir o passo a passo.

Veja como fazer:

Você vai precisar de:

3,2 litros da tinta Decora na cor Noite Fria

3,2 litros da tinta Decora na cor Canto da Cidade

3,2 litros da tinta Decora na cor Praça de Inverno

1 bandeja

3 rolo antirrespingo de 30 cm

1 fita crepe de 16 mm

Lápis

Borracha

Régua

Itaipava Tintas entrega mais de 4.000 litros de leite para instituições da região

A semana começou com menos preocupações e muita emoção para os administradores de três instituições de caridade da região. Sobrevivendo com desafios diários para manter a qualidade de vida e o atendimento dos internos, cada instituição recebeu, na última segunda-feira (31), a doação de aproximadamente 750 litros de leite coletados e entregues pela Itaipava Tintas em Três Rios e Paraíba do Sul.

A ação foi o resultado da campanha “Leite em dobro”, realizada no último mês, que contou com a participação e o apoio da população. As unidades da empresa nos municípios serviram como ponto de coleta de doações e, a cada litro de leite doado, a Itaipava Tintas se comprometeu a dobrar a doação e entregar os produtos nas entidades. Nesta quarta-feira (2), a empresa continua com as entregas dos leites arrecadados nas unidades de Petrópolis, Itaipava e Rio das Ostras para entidades destes municípios.

As doações recebidas na loja de Paraíba do Sul foram entregues, pela manhã, ao Instituto Imaculado Coração de Maria, que cuida de aproximadamente 50 moças portadoras de múltiplas deficiências abandonadas pelas famílias ou cujas famílias não têm condições de cuidar, e gasta em torno de 40 litros de leite por dia. A entrega foi realizada pela equipe da empresa, que pode visitar todas as dependências do local e suas internas.

A tarde foi reservada para as entregas em Três Rios. Os leites doados nas unidades do Centro e do bairro Vila Isabel, somados às doações da empresa, foram entregues ao Lar Metodista Carlota Pereira Louro e ao Asilo São Vicente de Paulo. Diretora do Lar Metodista, a pastora Maria Aparecida da Silva agradeceu aos que contribuíram com a campanha que beneficiará os 39 idosos internos no local. “O custo do idoso é alto e doações como essa fazem toda a diferença no nosso dia para administrar e manter o atendimento e a qualidade de vida de cada um deles”, disse.

A presidente do Asilo São Vicente de Paulo, Eliane Esteves, também agradeceu a doação e emocionou-se durante a entrega. “Gastamos, em média, 21 litros de leite por dia com nossos idosos. Essa doação chega em boa hora. Agradeço muito a cada pessoa que foi até a loja doar e peço que a população continue colaborando não só com a nossa instituição, mas com todas as outras”, declarou.

Fábio Neves, gerente administrativo da Itaipava Tintas, participou das entregas e agradeceu a cada instituição por abrir as portas para a empresa. “Sabemos que isso ainda é pouco perto de tudo o que cada uma delas precisa, mas foi um pontapé com um resultado que superou as expectativas. Os clientes e a população em geral abraçaram a campanha, doaram, participaram e pudemos dobrar a quantidade, proporcionando um presente de valor incalculável para as instituições neste momento”, afirmou.

A campanha foi desenvolvida a partir de iniciativa de Gisele Azevedo, esposa do diretor da empresa, Guilherme de Azevedo, que agradece, em nome da empresa, a cada pessoa que doou nas lojas e garante que a solidariedade não vai parar. “Já começamos um nova campanha filantrópica, chamada ‘Pincelada do Bem’, e contamos com a participação da população, que sempre apoiou nossa empresa, para que ajude, junto conosco, quem mais precisa”, finalizou Guilherme.

Agência CMI

Aprenda a fazer cinco tipos de parede texturizada

Quem nunca se arriscou a fazer uma arte em casa, pintar uma parede, trocar um lustre, instalar um eletrodoméstico? Tudo bem que nem sempre sai como um profissional, por isso aconselhamos que solicite o orçamento de ótimos maridos de aluguel aqui. Mas para te ajudar vamos ensinar a fazer cinco tipos de textura de parede feitas com materiais simples que vimos no Arquitetura e Interiores.

Primeiro passo é limpar a parede que será texturizada com um pano úmido, aplique de 2 a 3 demãos de tinta da cor que quiser, vai servir como base.

Técnica Reagging: aplique a tinta para textura na parede e com ela sem estar seca  retire o excesso dando batidinhas com um pano úmido.

Técnica Rubber: com a tinta para textura úmida passe um raio de carimbo (encontrado em lojas de construção), passe devagar pela parede em vários sentidos.

Técnica Frotagge: depois de aplicar a tinta para textura pressione  um plástico sobre a mesma úmida com cuidado.

Técnica Jeans: após a aplicação da tinta esfregue com uma escova de cerdas macias no sentido vertical, depois faça o mesmo no sentido horizontal, até formas riscos e o aspecto de jeans.

Técnica Riscada: usando uma escova de cerdas plásticas escove a parede formando um “x”.

Agora que você sabe como fazer texturas caseiras pode se arriscar em um final de semana e mudar o ar da sua casa.

Fonte: Catraca Livre

Apartamento de 350 m² tem decoração despojada e muito branco

Assim que o filho Leon nasceu, há cinco anos, a paulistana Marina Acayaba e o argentino Juan Pablo Rosenberg, ambos arquitetos, resolveram se mudar porque o apartamento onde moravam, de 150 m², tinha apenas um quarto. A família foi para um apê com o dobro de área, no 12° andar de um edifício nos Jardins, em São Paulo. Hoje, aquele menino saltita pelos 300 m² com energia, acompanhado da irmã, Eva, de 3 anos. Pode-se dizer que a alegria infantil traz bom astral à casa, mas não é só. “Acho que uma marca daqui é o despojamento”, diz a proprietária, de 35 anos.

Ao entrar no imóvel, a partir do vazio do hall de entrada e distribuição, vê-se, à frente, um pórtico para o living retangular. O elemento está incorporado a uma estante branca que se estende desde a sala de estar até a de jantar. Feito de finas chapas metálicas, soldadas in loco, esse móvel sob medida tornou-se uma das marcas registradas do escritório AR Arquitetos, fundado por Marina e Juan Pablo em 2008. Seu visual preciso e refinado contrasta com duas paredes descascadas nos ambientes sociais, cada qual simetricamente posicionada, que deixam os tijolos aparentes e trazem um jeito de casa. “É um efeito high-low”, aponta o portenho, de 41 anos.

Os espaços de receber expõem design contemporâneo, lembranças de família e de viagem, além de arte. Um trabalho de Luiz Paulo Baravelli, por exemplo, pertencia aos pais da proprietária. “Para obter essa configuração, levou um tempo, tudo foi pouco a pouco incorporado”, conta Marina. “Chegamos até a comprar peças importantes que não caíram bem, e depois as vendemos via internet”, diverte-se ela.

Se o branco domina as paredes do hall, do living, da cozinha e do escritório, há espaço para mais cores na área íntima. O quarto dos meninos, que usam um só banheiro, ganhou uma parede vermelha; e o de brincadeiras, uma azul. “Poderíamos ter feito uma suíte para cada um deles, mas preferimos que convivam e aprendam a dividir”, comenta Juan Pablo. Já a suíte do casal exibe um tom de cinza atrás da cama, em harmonia com o escuro da imbuia empregada no mobiliário de linhas retas também assinado pela dupla.

Fonte: Casa e Jardim

Com estilo industrial e cores quentes

A inspiração para criar do fotógrafo Léo Fagherazzi vem, principalmente, das obras irreverentes dos fotógrafos David LaChapelle e Robert Mapplethorpe. O gosto pelas cores e a personalidade marcante não ficam apenas nos cenários do profissional. Toda a atmosfera veio para dentro de sua casa, que mistura lar e estúdio.

O imóvel de 214 m², em São Paulo, passou por uma reforma de três meses que trouxe aos ambientes um toque moderno e prático, mas sem perder o conforto. “Acreditamos que é necessário um “casamento” entre o cliente e o arquiteto para alcançarmos o resultado final desejado. Nesse caso não foi diferente”, afirma o arquiteto Pedro Bazani, responsável pela transformação.

Uma parede rosa na sala de jantar, sofá laranja e o quarto branco marcam decoração assinada pelo Estúdio Pedro Bazani

A inspiração para criar do fotógrafo Léo Fagherazzi vem, principalmente, das obras irreverentes dos fotógrafos David LaChapelle e Robert Mapplethorpe. O gosto pelas cores e a personalidade marcante não ficam apenas nos cenários do profissional. Toda a atmosfera veio para dentro de sua casa, que mistura lar e estúdio.

O imóvel de 214 m², em São Paulo, passou por uma reforma de três meses que trouxe aos ambientes um toque moderno e prático, mas sem perder o conforto. “Acreditamos que é necessário um “casamento” entre o cliente e o arquiteto para alcançarmos o resultado final desejado. Nesse caso não foi diferente”, afirma o arquiteto Pedro Bazani, responsável pela transformação.

Cores

O paisagismo, assinado por Paula Tsuyama, trouxe o verde para dentro de casa. A profissional criou móbiles com espécies diferentes de plantas para valorizar o pé-direito de 3,5 metros na sala.

No quarto, Pedro optou por um ambiente neutro. “Decidimos que o espaço seria praticamente uma “tela em branco” para inspirar Léo, que aposta em muitas cores em suas obras”, explica o arquiteto.

Até no banheiro da suíte, a irreverência marca presença. As bancadas normais foram substituídas por um tanque branco. A área molhada ganhou um mix de revestimentos cerâmicos coloridos, inspirados no piso da Galeria do Rock, na capital paulista.

“Para a sala de jantar, escolhemos um rosa alaranjado. Um tom mais descontraído do que geralmente encontramos na decoração”, explica Pedro. A cor dá destaque ao living preto e branco, integrado à cozinha.

Materiais

“Nós acreditamos na valorização de materiais já existentes na estrutura original”, afirma o arquiteto, que optou por revitalizar o piso de ardósia do imóvel. Para trazer um toque industrial ao décor, o profissional apostou em sofá de couro, paredes de tijolos e cortina de voil na suíte.

Resultado

Ao mesmo tempo que o projeto segue tons de uma arquitetura clássica – por conta das tesouras do telhado – o ponto alto, na opinião de Pedro, é a irreverência e personalidade na escolha das cores.

Sobrou tinta? Saiba o que fazer

Segundo nosso especialista em pintura, o ideal é guardar a lata em um lugar coberto, sem umidade ou calor excessivo, sempre na posição vertical e sem movimentação. Vale destacar que as tintas que ficam acondicionadas por muito tempo podem formar uma película resultante da ação do ar. Para evitar isso, tampe bem a embalagem – devemos fechar a lata de maneira que não exista a possibilidade da entrada de ar. Em caso de esmaltes e vernizes à base de solvente, nosso especialista recomenda colocar sobre a superfície um pouco de Coralraz, o que vai ajudar a impedir o contato direto com o ar da lata.

Porém, se você não quiser guardar a tinta, faça uma doação a amigos, vizinhos ou instituições de caridade. Nunca despeje o produto pelo ralo ou em outros cursos de água. #ficaadica

Se você tem dúvidas técnicas ou sobre combinações de cores, mande para gente! Tudo de cor para você e até amanhã!

Fonte: Coral

Fachada em tons lilás e roxo com o novo Coral Acrílico Total

A fachada é o cartão de visitas da casa, por isso nós vamos ajudá-lo indicando cores exclusivas da cartela de tonalidades do Coral Acrílico Total, um lançamento que dá o melhor resultado comprovado. Entre as 210 cores exclusivas do sistema tintométrico do nosso novo produto, vamos indicar os tons “Roxo Total”, mais vibrante, combinado com “Anoitecer Magistral”, mais suave, criando uma ótima opção para quem quer sua fachada tom sobre tom.

Outra combinação que cai bem é usar a cor “Essência Lilás” combinada com “Ritual Prateado” ou com “Lilás Dinâmico”. Juntas, elas criam uma fachada suave e harmônica E para quem se inspirou nessas dicas e vai renovar a fachada, pode usar também as outras 20 cores prontas do Coral Acrílico Total. A nova tinta tem desempenho superior em cobertura, resistência e lavabilidade.

Tudo de cor pra você!

Fonte: Coral