Azulejo com cara de novo – Banheiro pintado com a Wandepoxy base água da Coral

Cansou daquele azulejo do banheiro, mas não está disposto a enfrentar um quebra-quebra pela frente? Pintá-lo pode ser a solução. Ainda mais com as novas tintas à base de água. “Antes, a base era solvente com catalisador. Além do odor forte, a diluição era difícil”, compara o supervisor do laboratório de pesquisa e desenvolvimento da Coral Wagner Borrejo.

Não precisa de preparação prévia. “Se houver algum azulejo caído, basta arrumar outro no mesmo formato, nem precisa ser da mesma estampa, já que a tinta vai cobrir tudo”, diz o gerente de serviços ao mercado, Kleber Tammerik.
Como o azulejo absorve menos que alvenaria, um galão de 3,6 l costuma render até 60 m² por demão, já considerando a diluição com 10% de água. Multiplique a largura pela altura para achar a área das paredes e multiplique o resultado por 3, referente às três demãos. A durabilidade é de cerca de dois anos. Para restaurar a pintura, basta aplicar uma demão. “Pode aplicar por cima mesmo. Se quiser mudar a cor, repita o processo desde a limpeza”, ensina Borrejo.

Para limpar o azulejo, você vai precisar de detergente, esponja, pano, óculos e luva. Para pintar, tenha em mãos tinta, pincel, rolos, bandeja e fita adesiva.

 

Para garantir a aderência, limpe os azulejos com esponja e sabão neutro. Passe um pano com álcool para agilizar a secagem

Depois de seco, proteja as áreas que não serão pintadas com fita adesiva, como os cantos no piso e teto

Proteja louças e piso com papel e plástico. Se respingar, limpe na hora com um pano com água

Após diluir a tinta com 10% de água, comece pintando cantos e recortes com pincel

Faça a 1ª demão com o rolo de pelo curto. Espere 4 horas entre cada demão (são 3 no total)

Como o azulejo não absorve, a tinta deve ser bem espalhada, se carregar, ela vai escorrer

Banheiro pintado com a Wandepoxy base água da Coral. Espere 72 h após a pintura para lavar o banheiro

FONTE: Estadão